No Image

Formas como a prata pode ser utilizada

A prata é um metal muito conhecido pela sua utilização na joalharia, mas a sua utilização não se limita a isto. Sendo um bom condutor da electricidade, a prata é utilizada na electrónica e electricidade. O seu uso no fabrico de condutores eléctricos está limitado devido ao custo. Também é utilizada na fotografia. Curiosamente também é utilizada na medicina por ter um efeito anti-séptico. Existem várias teorias, mas ainda não se chegou a um consenso quanto à razão da prata não permitir o desenvolvimento de um grande número de microrganismos. O facto de possuir estas características também valorizou a prata como metal para ser utilizado na joalharia e na fabricação de utensílios de mesa como talheres, pratos e peças para servir a comida como por exemplo as terrinas e taças.
Tendo características anti-sépticas, a prata também é utilizada na elaboração de tecidos que são utilizados posteriormente na confecção de peças de vestuário.
Existem duas formas de inserir a prata no vestuário. Juntando às fibras iões de prata ou colocando realmente a prata nas fibras a serem tecidas. Ao evitar a proliferação de microrganismo, não só previne infecções como evita os odores provocados por estes microrganismos. Uma das grandes vantagens da prata é que, ao contrário de outras substâncias, os microrganismos raramente criam resistências a este elemento químico, podendo assim continuar a ser utilizada, mesmo em condições climatéricas favoráveis ao seu crescimento, como por exemplo em climas muito húmidos.
A prata também pode ser utilizada como corante alimentar, mas apenas para colorir externamente alimentos. Em determinados países este corante está proibido, como na Austrália.
A prata também é utilizada para soldar objectos, contactos eléctricos e ainda em baterias. Como é possível verificar este é um metal muito versátil e de uso abrangente na nossa sociedade.

Ler mais

No Image

Como criar um blog

Como criar um blogEntão você quer aprender como começar um blog …

Você quer construí-lo em um negócio e começar a ganhar dinheiro rápido, certo? Tudo parece fácil e é, mas esse é o problema.

Pode ser muito fácil começar um blog.

Há o caminho mais fácil e o caminho certo.

Existem milhões de blogs on-line agora, mas apenas uma fração deles está realmente ganhando dinheiro. Por quê? Eles provavelmente pensaram que tudo o que tinham que fazer era instalar o WordPress ou usar alguma outra plataforma de blog da DFY e seria isso.

Bam! Eu sou agora um blogger.

Errado.

Existem vários passos críticos que você DEVE concluir ao configurar qualquer novo site ou blog e eu vou passar por cada um deles, passo a passo, abaixo.

Profissionais experientes entendem porque iniciar um blog pode afetar o sucesso a longo prazo. O blog é um elemento crítico no que chamamos de marketing de conteúdo e ajuda a transmitir a mensagem de sua empresa, traz tráfego e permite que você venda produtos afiliados e seus próprios produtos; mas você não pode fazer isso com sucesso, a menos que você siga os passos certos.

Como iniciar um blog: o melhor guia passo a passo

Eu descrevi o Processo de 13 Passos que você deve usar para começar um blog abaixo. Siga este guia passo a passo e você terá seu novo blog instalado e funcionando em pouco tempo. Boa sorte!

Escolha o seu nicho

O que eu quero blog sobre?

As perguntas que sempre me perguntam são “Sobre o que devo escrever?” ou “Que tipo de negócio devo criar com o meu blog?”

A lista aqui é interminável, então não é uma pergunta fácil de responder.

O mais importante é que seu blog e sua empresa precisam ser algo pelo qual você é apaixonado. Se você não ama o que está fazendo, sua empresa não vai durar muito tempo.

Escolha algo de que realmente goste e, melhor ainda, escolha algo sobre o qual você sabe muito.

Você não precisa ser um especialista. Detalhes

Nunca se preocupe com isso. Seja conversacional. Fale sobre sua paixão e construa-a em um negócio.

Blogs podem ser sobre qualquer coisa.

Você pode criar blogs de análise do produto, pode blogar sobre caça ou pesca, ensinar as pessoas a tricotar ou blogar sobre política, filmes ou música.

A lista continua e continua.

Alguns blogs ganharão dinheiro com programas de publicidade e afiliados, enquanto outros venderão cursos on-line ou produtos físicos.

A linha inferior é isso, você tem que querer fazê-lo e adoro fazê-lo. porque é isso que fará com que o seu blog seja bem sucedido.

Minha ideia vale a pena?

Às vezes é difícil descobrir se vale a pena prosseguir com uma ideia de blog. É por isso que eu normalmente crio uma página no Facebook para acompanhar meu blog. Eu gosto de usar o Facebook como uma maneira de avaliar se a ideia do meu blog tem interesse suficiente.

Construir um blog sobre algo que você é apaixonado é importante, mas se você quer ser um blogueiro de sucesso, então você precisa construir um blog em um nicho que outras pessoas também são apaixonadas.

A ferramenta Facebook Audience Insights é ótima para avaliar isso, assim como o Google e o Google Keyword Planner.

Não desanime se você achar que existem muitos outros blogs e empresas no nicho em que você quer trabalhar. Esse tipo de competição significa simplesmente que há muito interesse e paixão no nicho, mas ainda mais importante que isso. , isso significa que há muito dinheiro a ser feito no nicho também.

Todas essas coisas são coisas importantes a considerar antes de comprar um nome de domínio ou começar a configurar seu blog. Escolher um nicho com o qual você se sente confortável e que pode ser lucrativo é um componente importante para começar um blog de sucesso.

Selecione seu nome de domínio

O nome de domínio escolhido deve coincidir com o seu nicho, mas não precisa ser específico para palavras-chave.

Anos atrás, era essencial obter um nome de domínio que tivesse as palavras-chave exatas do seu nicho para ter sucesso.

Isso não é mais o caso.

O importante agora é que o domínio se encaixa na marca que você está tentando criar. Alguns dos maiores blogs da web como o Mashable têm nomes que não são específicos para palavras-chave, mas exibem uma marca única que é facilmente lembrada. Isso é importante quando se inicia qualquer negócio, não apenas um blog.

Eu ainda gosto de usar os três grandes quando se trata de comprar domínios (.com, .net e .org), mas se você encontrar domínio que você gosta e tem branding embutido, use-o.

Eu normalmente compro todos os meus domínios através do GoDaddy, mas o Namecheap é uma opção viável também. Ambos são registradores de qualidade nos quais você pode confiar.Eu tenho usado o Godaddy por quase 12 anos, então posso dizer honestamente que eles são um recurso no qual você pode confiar.

De qualquer forma, certifique-se de pesquisar completamente o nome do seu domínio antes de comprar.

Eu recomendo sempre ficar com domínios de 2 a 3 palavras (ou menos) e não use hífens “-” em seus domínios. Se você estiver criando uma marca pessoal, não tenha medo de usar seu nome ou uma variação dele.

Lembre-se, uma vez que você tenha seu domínio, você não vai querer mudá-lo mais tarde, então escolher o caminho certo no começo é importante.

Obtenha o site de hospedagem

Hospedagem de sites é um dos elementos mais importantes do seu negócio e um que é tido como certo por muitos novos proprietários de sites.

Eu digo a iniciantes e usuários avançados isso o tempo todo e a maioria das pessoas acaba aprendendo isso da maneira mais difícil. Eu não posso enfatizar o quão importante é um bom provedor de hospedagem para o sucesso do seu negócio. É fundamental que você escolha uma boa empresa de hospedagem ou você e sua empresa vão sofrer por isso.

Um bom provedor de hospedagem permitirá que você esqueça de hospedagem e se concentrar em seus negócios e executar o seu blog. Você não vai pensar sobre isso e isso é bom. Isso significa que você tem um bom anfitrião.

Uma empresa de hospedagem de sites defeituosa fará com que seu site tenha problemas contínuos e possa até mesmo fazer com que você perca seu site se as coisas não forem feitas corretamente (sem backups, problemas de tempo de funcionamento, falhas de servidor, segurança insatisfatória etc.). Se você está sempre lidando com problemas de hospedagem, você não está se concentrando em seus negócios e isso é mau.

Obtenha um certificado SSL grátis

Ao configurar sua conta de hospedagem, certifique-se de também configurar seu Certificado SSL para segurança aprimorada. O WordPress está pressionando para tornar o SSL uma parte essencial de todas as configurações do WordPress. Ambos os hosts recomendados acima têm opções gratuitas de SSL. Tire vantagem deles.

Lembre-se, você pode obter um certificado SSL gratuito da Let’s Encrypt se o seu host não fornecer gratuitamente. Esta é provavelmente a melhor opção gratuita que existe e eu recomendo usá-la se você não estiver usando um SSL no seu site.

Instale seu blog

Para o seu Blog, eu recomendo usar o WordPress. O WordPress é a plataforma de blogs mais popular do mundo e é responsável por alguns dos maiores e mais populares blogs da web.

É uma poderosa ferramenta de blogging e pode ser usada para criar qualquer tipo de site que você queira. Na verdade, eu construí centenas de sites usando o WordPress e, francamente, não há uma plataforma de blogs melhor para criar um blog on-line.

Sites de membros, lojas online, galerias de fotos … A lista continua.

Você pode fazer quase tudo com o WordPress.

Instalação

Existem algumas maneiras diferentes de instalar o WordPress. De volta à seção Web Hosting, falamos sobre as opções One-Click WordPress Install que estão incluídas no SiteGround e Liquid Web. Esse tipo de ferramenta torna extremamente fácil instalar e criar um blog rapidamente.

Se você tiver outros tipos de hospedagem, talvez não tenha as mesmas opções de instalação do WordPress e talvez precise instalar o WordPress manualmente. Isso incluirá a criação de um banco de dados MySQL e a instalação do WordPress em seu servidor via FTP.

Realizar configuração inicial

Saber como usar o WordPress é importante, conforme detalhado acima, mas saber como o WordPress Dashboard está configurado e como definir suas configurações básicas para o seu site é extremamente importante.

Instale um tema

Agora que você passou pelos Vídeos Tutoriais do WordPress (ou já é um usuário experiente do WordPress), pode trabalhar no design do seu blog.

Entenda que isso pode ser tão fácil ou tão complicado quanto você quer que seja.

O design do seu blog depende do tema escolhido e de como você quer que ele seja. O logotipo do seu site, o esquema de cores, etc. A personalização do seu blog pode ser tão simples ou tão complicada como você quer que seja.

O tema WordPress que você escolher e as opções que ele oferece decidirão mais sobre isso.

Não se preocupe, existem milhares de Temas do WordPress, gratuitos e pagos, e você pode alterá-los sempre que quiser, quantas vezes quiser.

Comece acessando o menu da barra lateral e clicando em Aparência> Temas.

Instale os plugins essenciais do WordPress

O mecanismo que realmente potencializa as funções avançadas do WordPress são os plugins que você pode adicionar. Plugins permitem que você adicione quase todas as funcionalidades que você deseja ao seu blog WordPress e existem milhares delas.

Para adicionar novos plug-ins ao seu site, vá para Plug-ins> Adicionar novo. Você pode adicioná-los diretamente do Repositório de Plugins do WordPress ou pode usar a função Upload para adicionar plug-ins que você comprou ou baixou em outro lugar.

WordPress SEO

Embora adicionar o plugin Yoast SEO ou SEOPressor Connect seja ótimo para Search Engine Optimization (SEO), existe um processo dentro e fora desses plugins que você deve seguir se quiser que seu site se classifique nos mecanismos de busca como Google e Bing efetivamente.

Uma das partes mais importantes da criação do seu novo blog WordPress é certificar-se de otimizá-lo para o WordPress SEO. Esse processo permitirá que você aproveite ao máximo seu site com classificações mais altas e tráfego orgânico gratuito do Google.

Certifique-se de seguir o meu Beginner WordPress SEO Tutorial quando você está configurando o seu blog WordPress para SEO e instalar o plugin Yoast SEO. Ele mostrará tudo o que você precisa fazer para obter classificações melhores nos mecanismos de pesquisa, como o Google, a partir do primeiro dia. Se quiser aprender mais sobre SEO em Português, e como criar um blog de sucesso recomendo a leitura do seguinte artigo – https://www.seoportugal.net/blog/como-criar-um-blog-de-sucesso-ganhar-dinheiro/

Desenvolva uma estratégia de marketing de conteúdo

Depois que tudo o que foi descrito acima tiver sido realizado, agora é hora de começar o processo de criação de conteúdo.

Você não precisa postar todos os dias, na verdade eu mal posto a cada 2 semanas. Concentre-se na qualidade, não na quantidade quando se trata de sua agenda de postagem de blog.

Eu recomendo mapear um plano de ação para o conteúdo que você deseja criar e quando você deseja publicá-lo. Recomendo usar um calendário editorial para garantir que você esteja lançando conteúdo em horários e datas que maximizam sua eficácia.

Isso também ajuda você a manter um cronograma de postagem regular.

Inicie o seu blog

Seguir os passos certos quando você começa um blog pode fazer ou quebrar você. A vida do seu blog e do seu negócio conta com a configuração correta.

A etapa final no processo é “oficialmente” lançar seu blog. Deixe as pessoas saberem sobre isso no Social Medial e se você já tiver uma lista de discussão, informe seus assinantes também.

Há muitas maneiras de iniciar seu site. Você pode ser grande ou fazer um lançamento inicial e deixar o seu blog crescer antes de fazer grandes anúncios com os Press Releases, etc.

A linha inferior é o seu blog está aqui e está pronto para ir. Detalhes

Agora que você aprendeu a iniciar um blog, certifique-se de marcar esta postagem como favorita ou compartilhá-la no Facebook. Você precisará voltar a este post com frequência para se lembrar dos passos que você DEVE tomar ao iniciar um novo blog.


No Image

Como ser uma artesã profissional

Dicas de ArtesanatoCOMO SER UMA ARTESÃ PROFISSIONAL

1 – Marca

Crie sua marca, ou um logótipo para por nos seus trabalhos. Vc pode imprimir em papel e colar nos trabalhos, ou fazer em etiquetas auto adesivas, ponha seu telemóvel e seu email, ou site se tiver.

2 – Cadastro de clientes

Cadastre seus clientes, pedindo nome, telefone e email, para que vc possa sempre estar divulgando seus trabalhos, não se esqueça de pedir ta a data de aniversario, assim vc poderá oferecer uma gentileza numa data especial. Sempre que houver novidades em seus trabalhos, vc deve informa-los tb.

3- Fotografe seu trabalho.

Fotografe e anotem as peças que fizeram e os preços para venda , no caso de vc querer depois produzir outra igual. Isso tb lhe vai ser útil para fazer seu portifolio de trabalhos, caso alguém queira ver algum trabalho seu feito anteriormente.

4 – Cartãozinho de Apresentação ( de Visitas)

Tenha um cartão de visita, isso é essencial para apresentação , isso demonstra seriedade em seu trabalho. Seria ideal se fosse um cartão feito a mão artesanal, bem criativo.

5 – Apresentação do seu produto.

Papéis de presente bonitinhos, saquinhos plásticos, ou até mesmo uma embalagem idealizada por vc, cativa o cliente , entregando o seu artesanato numa embalagem fofinha..

6 – Valorize seu trabalho.

Lembre-se valorize seu trabalho, e quando alguém pedir desconto, não ceda logo de inicio, pq pode parecer que vc podia ter feito mais barato e estava pedindo mto pelo trabalho..

7 – Encomendas.

Somente aceite encomendas se receber metade do dinheiro adiantado. Não faça peças, de forma alguma, antes de receber os 50%, alem disso nunca venda fiado, pois você corre o risco de não receber e acaba tb por perder a amiga e o cliente, pq depois ter de cobrar a pessoa é extremamente desagradável para ela e para você.

8- Aprimore-se.

Tente sempre estar aprendendo coisas e técnicas novas de trabalho, leia, atualize-se, há revistas, Internet, enfim mtos meios para vc aprender.

9- Prazo de Execução do seu trabalho.

Ao receber uma encomenda, sempre de um prazo com dois dias a mais do que vc de facto leva para fazer o trabalho, e nunca falhe nisso, porque falhar faz com que vc perca a credibilidade. Organize-se para fazer as coisas com calma, para o trabalho não sair mal feito.

10 – Organize-se

Organize suas peças de trabalho, não deixe tudo jogado. Coloque suas peças em vidros, caixinhas bonitinhas, deixe tudo limpinho, para que na hora de executar o trabalho, para que tudo saia direitinho. Bagunça acumula energia negativa no ambiente.

11 – Anotações de seus lucros e vendas

Anote em um caderninho suas vendas, há períodos no ano de maior venda,os periodos melhores são natal , dia das mães, dia dos namorados.
Se vc trabalha com lembrancinhas, há outros eventos importantes, como aniversários, nascimentos de bebes, casamentos, chá de cozinha, etc.

12 – Sugestões

Dê ideias de onde e como utilizar a peça confeccionada por vc, dê sugestões criativas.
Se vc faz caixas, sugira a caixinha como porta-joia, porta-treco, etc.

13 – Como vender seus produtos.

– Participe de feiras de artesanato local .
– Ofereça seus trabalhos em lojas.
– Anuncie em jornais de bairro.
– Divulgue pelas comunidades do Orkut
– Divulgue através de emails para suas amigas, enviando foto e preços de algumas peças.

14 – Consignação

Em algumas lojas podem pedir para que vc deixe em consignação, eu já não acho isso uma boa ideia, por vários motivos:

– A peça pode se estragar, e qdo vc for a loja retira-la estará já em péssimo estado, devido ao manuseio diario de clientes curiosos, o pó, e falta de cuidado.
Vc deixa na loja e ao final de um mês, ninguém compra e vc perdeu tempo, pq enqto a peça ficou la parada vc deixou de oferecer a outros clientes potenciais.
Portanto pense antes de deixar em consignação.
A decisão final é sua.

15 – Como calcular o preço que vc deve cobrar.

“Antes de produzir, vc deve verificar:
Quem é seu publico alvo, ou seja vc quer vender pra quem?.
Quais são os seus gastos mensais com a produção.
Qual o tempo dispensado na mão-de-obra.

Normalmente, o certo é se vc gastou 20,00€ tem de vender por 60,00€.
20,00€ pelo material gasto
20,00€ pela mão de obra
20,00€ pelo seu lucro

Mas se ficar mto caro, você pode fazer um pouco mais baratinho, tem de usar o bom senso.

Preço para mais de uma peça, ou pedidos em grande quantidade, observe com cuidado o tempo que vc vai gastar, e material a utilizar, para não se empolgar na hora e fazer um preço muito baixo

16 – Cautela com os amigos.

Por vários motivos:
*Porque pedem descontos.
*Pedem para fazer fiado. Faz fiado perde o fregues e o amigo.
*E por vezes elogiam tanto, e dizem que não tem dinheiro, e por vezes vc acaba presenteando o amigo com a sua peça, por ficar sem jeito, por isso…

Amigos..amigos, negócios a parte.

17 – Promessas

Não prometa o que não tem capacidade de fazer e cumprir.

18 – Administrando o seu lucro.

Sempre que vc fizer uma venda, guarde uma parte do dinheiro, aprenda a organizar-se e poupar seu dinheiro.

19 – Educação

Seja simpática, e bem humorada, cara feia e grosserias espantam clientes, afinal todo mundo tem problema, mas nem toda a gente tem de participar dos seus problemas pessoais.

20 – Assuntos proibidos para quem trabalha com vendas.

*Religião
Se vc tem sua crença, não é indicado que comente com todo mundo, porque cada pessoa tem a sua crença, e discutir sobre elas, normalmente a conversa não acaba bem.

*Politica
Pelo mesmo motivo da religião.

*Doenças
Limite-se a ouvir qdo alguém lhe falar, mas contenha-se ao narrar as suas, não é agradável falar essas coisas, com alguém que esta comprando suas lindas peças e num momento de descontração total.

*Falar mal de pessoas conhecidas ou não da sua cliente, pq ela vai pensar que na ausência dela, vc tb fala dela.

21- Criatividade

Para se enriquecer de idéias, leia revistas de artesanato, visite livrarias, exposições, feiras, pesquise na Internet, etc.

22-Bom humor e positivismo.

Alto astral, positivismo, e pensamentos bons, atraem boas energias, por isso, alegria sempre!

23- Atenção para hábitos.

*Não fume na presença de clientes.

*Cuide de sua higiene pessoal, limpeza nas mãos é essencial, não é pq vc é uma artesã que pode viver com as unhas sujas e mal cuidadas.

*Não use perfumes fortes que podem impregnar nas peças que vc está a confeccionar.

*Mesmo que vc seja uma pessoa simples, procure estar sempre arrumada, ao receber uma cliente em sua casa para comprar suas peças.

24- Conheça seus clientes.

Procure observar seus clientes, o que mais procuram, o que mais gostam, conhecendo-os, vc poderá com o tempo saber que tipo de trabalho ele mais gosta; e quando vc produzir novidades poderá lhes oferecer, aumentando assim sua chance de vendas futuras.

25 – Peças inacabadas

Quando vc produzir uma peça que vc não goste, ou que não tenha ficado como planejou, não a deixe sem acabar. Faça uma forcinha, concentre-se e tente terminar, tudo que ficainacabado gera frustração e energia negativa, portanto, termine sempre.

26- Peças que vc não conseguiu vender.

As vezes ocorre de fazermos uma peça que gostamos muito, entretanto não cai no agrado dos nossos clientes, nesses casos não hesite em dar descontos, e fazer um precinho camarada.


No Image

Casas de Fado em Lisboa

SENHOR VINHO

Rua do Meio à Lapa, 18

Tel: 21 397 26 81

Site: www.restsrvinho.com

 

CASA DE LINHARES

Beco dos Armazéns do Linho

Nº 2, Alfama

Tel: 21 88 650 88

Site: www.casadelinhares.com

 

CAFÉ LUSO

Travessa da Queimada, 10

(Bairro Alto)

Telefone: 21 342 22 81

Site: www.cafeluso.pt

 

DRAGÃO DE ALFAMA

Rua Guilherme Braga 8

Tel: 21 886 77 37

 

CLUBE DO FADO

R. S. João da Praça, 94

Junto à Sé

Tel: 21 886 77 37

Site: www.clube-de-fado.com

 

O CALDO VERDE

Rua da Esperança, 91

Tel: 21 390 35 81

 

FAIA

R. Barroca, 54/56

1200-050 Lisboa

Tel: 21 342 67 42

Site: www.ofaia.com

 

PÁTIO DA MEMÓRIA

Calçada da Memória, 57A

Ajuda

21 364 44 51


No Image

Significado das Cores no Feng Shui

Cores Feng ShuiA cor é o principal instrumento utilizado pelo Feng Shui na busca de equilíbrio e harmonia em um ambiente. Cada cor é relacionada a um dos cinco elementos do Feng Shui (Água, Madeira, Fogo, Terra e Metal) e proporciona sentimentos e emoções diferentes.
É importante compreender as características de cada cor para aplicá-la corretamente. Além disso, as cores podem ter tanto significados positivos quanto negativos, dependendo de sua intensidade, local e forma de aplicação no ambiente.

Vermelho: é relacionado ao elemento fogo, ao verão. É a cor do sangue e por isso também está relacionado à vida e à força e energia vital máxima. Esta é uma cor Yang e por isso, o ideal é que seja utilizada em ambientes que tenham como objectivo a interação entre pessoas como a sala de estar, a sala de TV, ou mesmo a sala de jantar.

Não é recomendado o uso de vermelho:
Na casa de banho: Além deste ser um local Yin por natureza, é ligado ao elemento água;
Na cozinha: este ambiente já é muito Yang, a colocação da cor vermelha pode causar desequilíbrios;
Nos quartos: o objetivo deste local é promover tranqüilidade e repouso, por isso o ideal é o uso de cores suaves.

Amarelo: Apesar do amarelo estar relacionado ao elemento terra, também é uma cor Yang. O amarelo representa a luz do Sol e o brilho do ouro. Seu uso melhora a concentração e a facilidade de comunicação.
A cor amarela, assim como a vermelha, deve ser utilizada em ambientes Yang como a sala de TV. Também é necessário evitar seu uso em banheiros e quartos. Já na cozinha o amarelo pode ser utilizado em detalhes ou em uma das paredes.

Laranja: A cor laranja está situada entre o elemento fogo e o elemento terra, portanto, carrega um pouco das características dos dois elementos. Também é uma cor Yang e segue as recomendações feitas para o uso da cor amarela.
A diferença é que o laranja, com o devido cuidado, pode ser aplicado nos quartos, principalmente de adultos e de preferência na parede atrás da cama.

Azul: A cor azul está relacionada ao elemento água e nos remete a natureza, seja no céu ou no mar. O azul, quando usado de forma regrada, nos proporciona tranquilidade, porém, usado em demasia pode favorecer a introspecção e isolamento.
Deve-se usar o azul em ambientes que visem descanso e tranqüilidade, como quartos e sala de meditação.
De forma geral, não é recomendado o uso de azul em:

Salas de estar, de TV e de jantar: a cor azul é Yin e não propicia ou facilita a comunicação e a interação entre pessoas, por isso não é recomendado o seu uso em ambiente Yang, como os citados;

Cozinha: este ambiente é Yang e relacionado ao elemento fogo, assim o uso de azul pode significar a redução do “fogo”, ou seja, a diminuição da energia vital do ambiente, da casa e de seus moradores

Preto: A cor preta relaciona-se ao elemento água e é o símbolo do máximo Yin. Por isso mesmo, seu uso em paredes não é recomendado para ambientes internos

Verde: O verde é ligado ao elemento madeira e à primavera. Representam o crescimento, desenvolvimento, natureza e saúde. A cor verde pode ser utilizada com bastante liberdade em todos os ambientes da casa, independente de sua função. Neste caso, deve-se apenas tomar cuidado para colocar tons suaves de verde nos ambientes como quarto e cozinha, podendo nas salas utilizar tons mais brilhantes.
É relacionada ao elemento metal e nos remete a pureza, limpeza, e abertura para novas possibilidades e oportunidades, assim como uma tela em branco que espera ser pintada.

Branco: A cor branca pode ser utilizada com total liberdade em toda a casa, tanto externamente como nos ambientes internos. Essa é a cor escolhida pela maioria das pessoas tanto para ambientes residenciais como profissionais.
O único detalhe que deve ser observado é a procura pela utilização da cor branca sem brilho em ambientes Yin (quarto, banheiro, etc.) e com brilho em ambientes Yang (sala TV, cozinha…)